letrasde.net

letras de sérgio godinho – o rei do zum-zum

por favor espere um momento...

já que estou quase a ser famoso
desta fama não me livro
não quero só dar nas vistas
nas capas coloridas das revistas

que me retratem num livro
uma coisa romanceada
de conteúdo sólido e gasoso
uma coisa, por exemplo, intitulada

é famoso por ser famoso
é famoso por ser famoso

eu quero entrar em grande
na grande cidade
não me vou deixar morrer
antes da idade
uma coisa é aparecer outra é celebridade

na verdade quero ser, sei lá
o número um
eleito o rei do zum zum, zum zum
eleito o rei do zum zum

eu quero entrar em grande
na posterioridade
contorno a rotunda, toda a velocidade
o meu charme não tem prazo de validade

na verdade quero ser p’ra já
o número dois
p’ra me ultrapassar depois, 2~1
eleito o rei do zum zum, zum zum
eleito o rei do zum zum

e vou correndo de ecrã em ecrã
da sitcom ao site.com
a ver se nalgum deles se ilumina o meu nome

eu quero a fama e o proveito
ninguém é prefeito
eu quero a fama e o proveito
eu quero a fama e o proveito
ninguém é prefeito
eu quero a fama e o proveito

e quero
eu quero entrar em grande
e não pela metade
talvez que não haja outra oportunidade
troca o par de perto, o corpo à eternidade

na verdade quero ser, sei lá
o número um
eleito o rei do zum zum, zum zum (zum zum)
eleito o rei do zum zum, zum zum (zum zum)
eleito o rei do zum zum

e vou correndo de ecrã em ecrã
da sitcom ao site.com
a ver se nalgum deles se ilumina o meu nome

eu quero a fama e o proveito
ninguém é prefeito
eu quero a fama e o proveito
eu quero a fama e o proveito
ninguém é prefeito
eu quero a fama e o proveito

mas se um dia já não for famoso
arco~íris desmaiado
não me rabisquem nas revistas
das salas de espera dos dentistas

vão ao mapa cor de rosa
redesenhem poema em prosa
com conteúdo sólido e gasoso
p’ro melhor argumento adaptado

foi famoso por ser famoso
foi famoso por ser famoso

- letras de sergio godinho

Letras aleatórias