letrasde.net

margem – voando alto

por favor espere um momento...

[refrão: rei$]
muita coisa me atrasa, mas nada me impede
então me deixe tentar, tenho muito pra dizer
tem quem desacredita, mas nada me atinge
então me deixe voar, céu nunca foi limite…

[verso 1: atr]
sempre acompanhado eu vou pela rua
agradeço e brindo com o bonde
-ssim me despeço da lua
e sigo pra onde ela se esconde
a vida traz sem avisar
a vida leva sem avisar
a brisa me faz questionar
se eu continuar, aonde isso vai dar?
só mais um louco vivendo o momento
fugindo do pouco e sentindo o vento
a liberdade é meu alimento
poeta rebelde, puro sentimento
e eu vago por aí a procura da paz
e do excesso que me satisfaz…
o fogo das minas ilumina a madruga
tudo pro time que tem a visão
jardim de epicuro, procuro a fuga
voando alto o céu é meu chão
brisa na track e solte a voz enquanto ainda há tempo
a rebeldia é a chave da evolução, to a milhão
viva seu momento chapa…

[refrão: rei$]
muita coisa me atrasa, mas nada me impede
então me deixe tentar, tenho muito pra dizer
tem quem desacredita, mas nada me atinge
então me deixe voar, céu nunca foi limite…

[verso 2: rei$]
céu nunca foi limite e eu to no apet-te
tipo pirata atrás do tesouro
a alma anseia e grita por socorro
lutando por muito e fugindo do pouco
eu vejo esses rostos, olho nos olhos
cada pessoa é seu próprio universo
cada sinapse, escrevo um verso
siga seus padrões que eu faço o inverso
imerso.. no meu próprio espaço
tramo meus planos deixando meus rastros
faço dinheiro e calculo meus gastos
sigo focado e cada vez mais tático
pensamento inóspito
meu bonde cada vez mais próspero
ela diz que eu sou problemático
meus versos são sempre nostálgicos..
nostálgicos, nostálgicos…
meus versos são sempre nostálgicos…
mágicos, trágicos
meus versos são sempre nostálgicos…

[ponte: rei$]
é que eu to voando.. eu to voando.. eu to voando cada vez mais alto (x4)

[refrão: rei$]
muita coisa me atrasa, mas nada me impede
então me deixe tentar, tenho muito pra dizer
tem quem desacredita, mas nada me atinge
então me deixe voar, céu nunca foi limite…

- letras de margem

Letras aleatórias